Thursday, December 11, 2008

Lei, signorina, parla italiano ?

Aprender um outro idioma é sempre muito bom, mas as falsas semelhanças entre línguas irmãs são certas e rendem muita confusão: Quem não se lembra de um comercial de TV onde um turista acabava preso no aeroporto por achar que seu “portunhol” era suficiente ?

Mas é gratificante poder praticar um novo idioma em seu país de origem. Então vamos nos aventurar por ai e praticar o inglês, o espanhol, francês, italiano, alemão, e porque não, mandarim e japonês ? Caaalma.. claro que eu não conheço todos estes idiomas, ainda... minha proeficiência nas línguas estrangeiras varia do nivel básico ao intermediário e se limita ao inglês, espanhol e agora, per puro piacere, o italiano.

Já estive na Argentina, Chile e Espanha, todos a trabalho, e acredito que o meu “espanhol” não fez muito feio. Compreendi, fiz-me compreender – não sem uma natural dificuldade – e passei ilesa de maiores vexames.. Mas foi na Italia onde mais me diverti. Talvez porque estivesse exclusivamente de turista, ou porque o idioma italiano seja o meu hobby atual, mas acredito realmente que a maior contribuição foram os próprios italianos que são em sua maioria muito acolhedores, divertidos e sim, de verdade, galantes, como diz a fama que os precede no mundo todo.

Em Roma ouvi um bello integrante da guarda suíça do Vaticano dizer à uma turista interessadíssima nos seus lindos olhos verdes, que l’italiano era la língua più romantica del mondo.

Confesso que enfrentar o dia-a-dia na Italia foi a forma mais gostosa de aprender italiano, e supera qualquer didática. O que aprendemos nos apuros da comunicação in loco, não esquecemos jamais !

Ainda em Roma, fui até a recepção do hotel pedir uma toalha de banho extra – ah, sim, tinha telefone nos quartos, mas é muito mais fácil, quando as palavras são insuficientes, nos fazermos entender pessoalmente . E pedi ao simpatissíssimo Sami (nosso recepcionista da noite): “Guardi, Sami, ho bisogno di un’ altra .. hum.. no lo so come se dice in italiano.. em portoghese si chiama toalha.”, e Sami, enquanto observava minhas mímicas juntamente com metade das pessoas que estavam na recepção, disse-me: “Ah, si, ho capito: asciugamàno. Piccola o grande ? “ . Viu como foi simples ??

E já no fim do roteiro turístico, chegamos em Lugano, Suiça, divisa da Italia, e onde também si parla italiano e lá fui eu mais uma vez na recepção do hotel pedir, desta vez, um outro lençol, palavra esta que eu não sabia, nem em italiano, nem em inglês. Estava muito calor, e no quarto só tínhamos um pesadíssimo edredon de penas de ganso. E subitamente me ocorreu que se cobrir em italiano podia não ser “coprire” ou pior, que coprire tivesse um outro significado, mas não conseguia pensar em nenhuma outra palavra, e arrisquei... “Buona sera, signore, per favore, ho bisogno di un’altra cosa per dormire, per coprire”. Ao que prontamente respondeu o galante ragazzo, com sorriso aberto e um olhar mais que atencioso :io .

Vermelha de vergonha , caí na risada, claro, dizendo “Nããoo !!!”. Mas ele havia sim me compreendido, e tive que explicar que, não, eu não queria outro plumone (edredon): “non, signore, quell’ altro perchè fa molto caldo oggi”.. E ele novamente: “Ah. Si.. lenzuole”.

E esta foi mais uma oportunidade, entre tantas, dos italianos se ofecerem em galanteio, namoro e até em casamento.

E assim, lenzuole e asciugamàno são duas palavras que ficaram registradíssimas no meu subconsciente.

E eu não vejo a hora de ritornare in Italia , para praticar mais o idioma, e quem sabe encontrar meu Marcello Mastroianni e banhar-me nas águas da Fontana di Trevi, em Roma, como Anita Ekberg em La Dolce Vita”.

Arrivederci ragazzi !!

3 comments:

Érika Bento Gonçalves said...

Ah, Dila, vc é hilária!!! Adoro suas histórias... agora, falando sério, a melhor maneira de aprender um idioma é mesmo in loco! Então, vem pra Itália de novo!!!! ;)
Beijão!

Patty said...

...agora entendi Dila! perguntinha: aquele ragazzo do "io" não serviria como cobertor de orelha? nem que fosse só pra cobrir os pezinhos? rss
bjks

Daniela said...

Dila!!! Non lo sapevo che era un link!! hahah il testo mi è piasciuto tantissimo!!
baci!